quinta-feira, 16 de junho de 2011

Vamos emagrecer com saúde.

Você está com aqueles quilinhos a mais e, sentindo o verão na pele, pintou aquela vontade de emagrecer do dia para a noite? Nada disso, chegou a hora de você emagrecer e ter mais saúde.
Além da estética, existem vários motivos para você tomar a decisão de emagrecer, pois a obesidade é uma doença e como tal, envolve riscos e doenças associadas, como diabetes, hipertensão arterial e vários tipos de câncer.

Inicie uma batalha contra os abusos alimentares a favor da sua saúde. Como sempre, existem pessoas interessadas num emagrecimento rápido, sem medir as conseqüências dos seus atos. Dietas da moda ou atitudes ligadas ao emagrecimento costumam ser comuns nessa época do ano, mesmo porque muita gente está interessada em voltar a um peso anterior e ficar bem para o verão.
Esses tipos de dietas podem promover a perda de peso rápida, mas não são ideais, pois são nutricionalmente inadequados, não ajudam o indivíduo a criar bons hábitos alimentares e o ganho de peso, geralmente, volta a ocorrer. 















Veja abaixo alguns tipos de hábitos inadequados e suas conseqüências:
  • Jejum - Ficar um longo período sem se alimentar vai fazer com que seu organismo mobilize as reservas de proteínas e gorduras, ou seja, haverá uma adaptação para obtenção de energia. Assim você perde massa magra (músculo) e gordura ao mesmo tempo. O emagrecimento se torna mais lento, pois você estará perdendo músculo, além do metabolismo ficar mais lento, apresentando sintomas como fraqueza, cansaço e dores de cabeça.

  • Dietas com alto teor de proteínas - Resultam em perda de peso rápida causada pela diurese (aumento da urina) associada a uma excreção de cetonas (resultado da quebra da gordura). A perda de peso referente à água é rapidamente recuperada, há um baixo teor de ferro, cálcio e, às vezes, vitamina B12. A ingestão de alimentos ricos em proteínas aumenta a quantidade de gordura saturada e colesterol no organismo, o que provoca risco de doenças do coração.

  • Substitutos de refeições - Vitaminas, frutas ou sucos não substituem refeições, pois o valor calórico será baixíssimo e a pessoa continuará com fome e não agüentará seguir essa dieta por muito tempo.


O ideal é mudar alguns hábitos antigos, que são tão difíceis de serem mudados, como o consumo freqüente de doces, a ingestão deficiente de hortaliças, comer na quantidade certa e não comer sempre um pouquinho a mais, enfim, iniciar uma batalha contra os abusos alimentares e a favor da sua saúde.

Fonte:
Milena Lima
Nutricionista formada pela Universidade Católica de Santos CRN-3 14.100


5 comentários:

  1. oii querida boa noite eu tbm acho muito importante emagrecer com saúde e não fazer dietas malucas a melhor coisa que existe é reeducação alimentar. bjinhos querida boa sorte

    ResponderExcluir
  2. Oiii flor...adoreiii seu post...
    Eu sou a prova viva de que emagrecimento rápido é super prejudicial.
    Entrei na besteira de tomar remédio, ficava o dia todo sem comer, com dor de cabeça mas sem fome. Perdi 4 quilos e quando o remédio acabou, os 4 quilos se transformaram em 10...
    Hj faço RA, nem sempre sigo direitinho mas já perdi 3 quilos no primeiro mês...espero conseguir mais...

    Bjinhosssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  3. Olá querida,

    Acabo de conhecer teu blog e adorei! estou na mesma meta que você: a perca de peso definitiva...
    Criei um blog para me ajudar nessa meta, estarei sempre visitando voce por aqui
    beijinhos

    http://meuemagrecimentoreal.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá! Acabei de ver o seu blog e vi que estamos na mesma meta, rsrrs... adorei suas dicas, seu blog esta um espetáculo! Parabéns!

    http://naopercopesoeuemagreco.blogspot.com/
    Bjs, Mércia.

    ResponderExcluir
  5. Oii

    Tbm sou sua nova seguidora!

    Ótimas dicas!

    Força ai!

    Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário me deixa muito feliz!!!